Loading...

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Batalha de almofadas!

O meu amigo Pedro Teixeira, em tempos conhecido como o queniano de Belas, informou-me desta iniciativa, que pelo seu cariz de "combíbio" aqui vos dou a conhecer, caros visitantes.

Está agendada para Sábado, dia 1 de Novembro às 17:00, na Alameda Afonso Henriques em Lisboa, uma batalha de almofadas que espelha as que se fazem em outras partes do mundo.

O campo de batalha será o relvado à frente da Fonte Luminosa. Toda a gente pode aparecer e participar desde que cumpra um conjunto de regras:

1- Fala do Pillow Fight Club

2- Traz a almofada dentro de um saco grande, ou de lixo.

3- A batalha começa às 17 em ponto, NÃO antes. Deves chegar um pouco antes, e vaguear pelo resto da Alameda. Só às 17:00 corres para o ponto designado e tiras a almofada do saco.

4- Se uma pessoa protestar, ou não tiver almofada, não podes lutar com ela.

5- É proibido lutar com outros objectos que não almofadas, introduzir coisas pesadas dentro das almofadas, ou usar violência.

6- São proibidas manifestações políticas ou ideológicas.

7- A batalha continua até acabar.

8- Quando acalmar, vê se há alguma almofada que não tenha sobrevivido. Faz-lhe um funeral no mar com honras de estado, ou pega nela e mete no lixo.

9- Se houver comunicação social presente, a resposta oficial a qualquer pergunta é "Vim agora do IKEA, fui lá comprar almofadas. Saí aqui na Alameda e de repente apanharam-me no meio disto."
(Podem substituir por Moviflor, Habitat, Casa das Sandes, o que quiserem. O importante é fingirem-se de despercebidos e não irem no jogo dos jornalistas.)

O ponto para onde deves ir quando forem 17:00 é a parte da frente do relvado, mesmo em frente à fonte. A batalha decorre apenas em cima do relvado.
Se trouxeres uma câmara e capturares imagens ou vídeo da batalha a decorrer, envia os links para este blog.

Traz uma t-shirt de uma cor primária (amarelo, vermelho, azul, verde). Se tiveres uma almofada extra, podes trazer; alguém de certeza se vai esquecer.


Participem e passem a informação.