Loading...

domingo, 26 de outubro de 2008

Maratona: desporto de equipa

A mais solitária das disciplinas do atletismo, também pode ser um desporto de equipa, pelo menos ao nível dos populares. Se hoje cheguei ao fim da maratona do Porto, melhorando o meu recorde para menos de 3h30´ devo-o ao Mouse e o Bri .

Cinco da manhã e eis que estes “g`anda malucos” chegam à minha porta, para o primeiro desafio do dia, viagem até ao Porto, com uma notícia simpática logo aquela hora, o Leixões tinha dado três ao FCP! A viajem correu sem problemas, discutindo as mais modernas metodologias de treino (parte do Mouse) em comparação com o treino do tempo da outra senhora ( a minha parte) e rapidamente chegámos à Invicta, que nos aguardava com uns simpáticos 7ºC. Com este cenário não me restou mais alternativa do que fazer um aquecimento rápido já muito próximo da partida (de calças de ganga e casaco da quebramar!).

Dada a partida as sensações foram as melhores, pela primeira vez experimentei um destes adesivos que permitem respirar melhor e eu que tenho septo desviado, nunca na minha vida tinha respirado tão bem. Assim foi com um ritmo cardíaco baixíssimo que aos 5km, aos 10km e aos 15km ia com média de 4´25´´/km (o Mouse emprestou-me o seu Garmin e assim fui tendo um controlo total dos acontecimentos). Aos 20km a coisa continuava de maravilha, com as pernas um pouco carregadas mas com uma facilidade de caixa que me deixava bastante confiante. O problema veio dois ou três kms depois, com a minha rigidez muscular (chamemos-lhe assim à falta de resistência muscular e à propensão que eu tenho para contracturas) a passar factura, de tal forma que aos 25km decidi parar e hidratar-me convenientemente (isto apesar de ter bebido em todos os abastecimentos desde a partida e de aos 10km e cada 5km subsequentes ter ingerido um gel energético, 6 no total), digamos que foi o princípio do fim dai até aos 34km só pensava em desistir uma vez que de ir a 4´20´´- 4´40´´ /km já não baixava de 6´/km (o meu amigo Sandokan que aos 26km levava uns 2 ou três km de atraso, passou-me nesta altura, parecia um keniano), foi aqui que entraram em acção o Mouse e o Bri que andavam por ali a fazer um treinozito no meio do pelotão e me obrigaram a chegar à meta. Como disse no início, se acabei foi graças a eles, aliás se a organização quiser melhorar, o melhor é contrata-los aos dois, porque para além de mim conseguiram motivar grande parte do pelotão que se encontrava no seu raio de acção, bem como as gentes portistas, que poderam verificar que o Leixões é um clube com forte implantação no Ribatejo (pelo menos a ver por estes dois fervorosos adeptos, festejando a vitória da sua equipa ao longo deste troço).

Para completar a jornada, uma paragem na estação de serviço da Mealhada, para uma sandocha de leitão e um pastelito de Tentúgal (eu acrescentei uma queijada, por que ao fim e ao cabo fiz uns quantos kms a mais).

Para terminar, fica a marca, 3h29´12´´ e dizer que não fiquei convencido, tinha obrigação de fazer melhor, há que aumentar os kms semanais e o número de treinos longos (mais de 25km), que para esta prova não existiram… mas isso são outras contas!

7 comentários:

Anónimo disse...

Dá-me 1 R, Dá-me 1 U, dá-me 1 S, dá-me 1 T,
RRRRRRUUUUUUUUUUUSSSSSSSSTTTTTTMAN

Anónimo disse...

Parabéns pelo excelente tempo na maratona.
Bom relato da prova.
Boa recuperação.
António Almeida

Chuva Vasco disse...

Viva,

parabéns pela prova, por venceres as dificuldades e pelo teu tempo.
Não te queres juntar à malta do triatlo e fazer a de Lisboa no dia 7 de Dezembro? Eu estarei lá

http://forum.tri-oeste.pt/forum_posts.asp?TID=1881&PN=4

Vai abraço

Chuva Vasco

Anónimo disse...

Grande Rustman...mais uma para o teu curriculo...No Blogue do Mouserace ele fala no CAR de Vale Moinhos? onde Fica...já agora quem é o MOUSERACE, parece um excelente tipo...
A.Mendes

rustman disse...

Bri, obrigado mais uma vez.

António, obrigado pela força.

Vasco, ainda estou a recuperar, mas se tudo correr bem, talvez vá a Lisboa para experimentar a técnica que usei no Ironman, cminhar 30´´ a cada 10´de corrida e comparar o tempo final com o do Porto.

Mendes, obrigado pelas palavras amigas, quanto às tuas perguntas, o Mouse Race é a mais promisora esperança nacional do ultramaratonismo, o Centro de Alto Rendimento de Vale Moinhos é um local de elite onde só os mais duros têm acesso. O próprio Haile Gebresselasie está a pensar estagiar aqui uma temporada para ver se consegue baixar das 2 horas na maratona! :)

Anónimo disse...

teres chegado ao fim já muuuuuuuuuuito bom, e se conseguiste bater o record melhor ainda.
o mau foi mesmo as 5 da matina...
parabéns
bjs c.zagalo

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,