Loading...

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Comecei hoje a ler uma biografia do Haile: “The greatest – The Haile Gebrselassie Story” (Jim Denison, 2004). Do prólogo fica esta pérola do Paul Tergat: “Eu ficava na pista, corria duramente até cair, levantava-me e corria mais ainda. Quando terminava, não me aguentava em pé. Estava tão cansado. Não conseguia comer. Sentia-me doente. Não tinha mais energia do que a necessária para beber um pouco de água e deitar-me. Então pensava no Haile e sabia que ele estava a treinar ainda mais duro.”

Sem comentários: