Loading...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Campeonato Nacional de Veteranos

Boas,

Após meses a sonhar com o campeonato nacional de veteranos, que se realizou no fim de semana passado, estou de volta ao blog para fazer um relato dessa aventura. Para começar na sexta feira depois de almoço começo a sentir-me mal e no final da tarde até sábado de manhã, foi só vomitar e diarreia! Não é bonito começar a crónica assim, mas é a verdade, no entanto depois de estar toda a noite a ver a minha vida a andar para trás, ao final da manhã e porque afinal o hotel até já estava pago, lá fomos direito ao Luso, pró que desse e viesse…

Como o corpo estava sem reacção, nada melhor do que saltar em comprimento, depois de dois ensaios para ver como era, no terceiro lá marquei 3,98m e achei melhor esperar pelos 1500m. Nesta prova como já conhecia a concorrência, vi que não tinha hipóteses para os três primeiros, assim que o objectivo era chegar em quarto e dar pontitos para a equipa, coisa que consegui sem demasiado esforço, num tempo de 4´55´´.

Seguiu-se o ponto alto dos campeonatos para mim, a estafeta dos 4x100m, onde tinha a meu cargo o último percurso, a ideia era os outros ganharem uma vantagem de meia recta, para que não houvesse hipóteses de eu dar barraca, aqui aconteceu o que eu mais temo em termos das minhas prestações atléticas, uma contractura no gémeo esquerdo. Com toda a gente a duvidar que eu fosse capaz de fazer os 100m e eu a teimar que sim, nem que fosse ao pé coxinho, deixei-me estar quietinho á espera de entrar em acção. Mas um azar nunca vem só e um colega, o João Veríssimo, acabou por sofrer uma lesão no final do segundo percurso, fazendo com que eu recebesse o testemunho do Ricardo Lemos quase a par com o tipo que tinha ganho os 110m barreiras, pois… um camião diesel contra um coupé… azar!...



No domingo e com muita pena minha, lá fui fazer o lançamento do peso (9,09m!), abdicando dos 3000m obstáculos, já me tinha mentalizado para esta prova e depois de ver o frissom que a minha presença estava a fazer ao nível dos organizadores, com comentários tipo: “3000 obstáculos?... Eh pá se fosse para o martelão…” ou “ não queria ser um menisco deste tipo!”, para o ano estou lá batido!



E foi assim que se passou um fim de semana entretido, onde me esqueci da noite de sexta e desfrutei da companhia da família e dos colegas desportistas, agora vou descansar uns dias, porque a vontade de treinar não é muita!

Bons treinos!

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.