Loading...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Recorde pessoal preso por míseros 37 seg...

Regresso às competições de pista dentro do esperado… infelizmente!

No entanto a jornada de hoje foi bastante positiva pelo convívio e pelas sensações, para quem já fez atletismo “ir à pista” é sempre especial, é o atletismo puro e duro (mesmo quando a pista é de terra!!!).

Durante a tarde para dar mais pica ao duelo com o meu irmão, lembrei-me de desafiar o Pedro Monteiro, que sempre que lhe conto os meus tempos e os do meu irmão, se parte a rir, pois ainda tem como referencial, os tempos que ele fazia quando deixou de correr (e este menino foi “mundialista” júnior nos 10km e pra além de sub-30´ aos 10km, tem também 1h05´à meia maratona). Como o homem continua a treinar regularmente… natação e não é de ter medo… lá disse que sim e estava o baile armado!

No “tartanterra” do Paúl, logo no aquecimento vi que a coisa ia estar complicada para acompanhar os meus colegas, nas rectas de 100m ficava com 10m de atraso, os meus receios tornavam-se realidade, o treino de sexta feira passada (600m para 2´05´´+500m para 1´41´´ + 400m para 1´15´´, com 3´de intervalo entre cada série) já me tinha feito ver que iria ser muito difícil baixar os 2´30´´ (que era também o objectivo do meu irmão), o Pedro Monteiro confessou mais tarde que achava que pelo menos 2´20´´ fazia (lá está quando um gajo não treina, nem faz ideia do que custa!).

Depois de ter quase desistido de participar, uma vez que queriam que eu corresse numa série com miúdas e atletas veteranos, lá consegui fazer ver ao juiz que ter vindo do Cartaxo e ao fim de 15 anos voltar a correr 800m, era para ser com o meu irmão e com o meu amigo (o homem lá compreendeu e a coisa fez-se). Na partida perdi logo 30-40m as duas gazelas (ok, gnu e javali…), mas eu estava ali para demonstrar que os hipopótamos são uns falsos lentos… a coisa foi-se mantendo até aos 500m com o Pedro Monteiro a puxar pelo meu irmão e eu 40-50m mais atrás (mas eu ia confiante, ao fim e ao cabo continuava em prova e 100m atrás tinha-me passado mesmo pela cabeça desistir!), aqui o Pedro berrou e o meu irmão ganhou uns quantos metros de avanço, eu lá fui, sempre animado por um final à Borzakowski… que afinal não aconteceu!

Quanto a tempos finais, o meu irmão lá conseguiu uns 2´29´´ eu uns 2´36´´, com o Pedro pelo meio (aguardamos os tempos oficiais).

Seguiu-se um Jantar convívio no McDonalds de Torres Vedras, juntamente com o Cristóvão (irmão mais novo do Pedro :-)) e regresso a casa, com a forte motivação para começar a trabalhar a velocidade!

Aqui ficam as fotos tiradas pelo Cristóvão.


"Os três estarolas!"


"O estilo está lá todo, só falta o pique..." :-)


"Pedro Monteiro num estilo: Phelps morde-te de inveja"


"O vencedor da noite: My brother"