Loading...

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Não havia necessidade...

Ao ler a edição de hoje do jornal “A Bola” fiquei estupefacto com a noticia de que depois da situação com os ciclistas da equipa do Maia em 2008 e com o caso dos ciclistas da Liberty em 2009, se venha agora a descobrir que tanto o vencedor da Volta a Potugal de Cadetes (15-16 anos) como o da Volta a Portugal de Juniores (17-18 anos) tenham acusado positivo num controlo anti-doping. Não sei de substâncias se tratam (ainda que se fale de “algo apenas injectável” ) nem interessa, mas o facto num dia acusarem positivo e no dia seguinte estarem limpos, revela um grau de “profissionalismo”… preocupante!

Para além da saúde dos implicados, qual é o estimulo que um jovem tem para começar a praticar uma modalidade onde os equipamentos são caríssimos (apesar de não acompanhar, não me espanta que a maioria destes miúdos pedale em cima de quadros de carbono e equipamento Dura-Ace ou similar) e ainda por cima haja malta com hematócrito de cinquenta e muitos…

Não havia necessidade…

PS: Aqui fica o acordo comum da luta Anti doping celebrado em 2008 entre a UVP/FPC e a Assoc. Port. De Ciclistas Profissionais e a Assoc. Nac.de Equipas Continentais Portuguesas.


- Obrigatoriedade de todos os corredores das Equipas Continentais portuguesas realizarem os exames analíticos abaixo referidos nas datas devidamente mencionadas:

1º Exame Anual (a realizar na 1ª quinzena de Janeiro e a apresentar até à data da prova de abertura de Equipas Continentais)
- um exame clínico com questionário cardiológico
- uma análise ao sangue incluindo:
Glicémia
Colesterol + HDL
Trigliceridos
Hemograma completo
Reticulocitos
Proteina C-reactiva ou Velocidade de sedimentação
Ferritina
YGT
ALAT (GPT)
ASAT (GOT)
Creatinina
Proteinas Total ou Albumina
- Electrocardiograma de repouso a 12 derivações
- Urina II

2º Exames Analíticos (a realizar na 1ª quinzena de Março e a apresentar até ao dia 1 de Abril)
- Hematócrito
- Reticulócitos
- Hemoglobina
- Hemoglobina Plasmática Livre

3º Exames Analíticos (a realizar na 1ª quinzena de Maio e a apresentar até ao dia 1 de Junho)
- Hematócrito
- Reticulócitos
- Hemoglobina
- Hemoglobina Plasmática Livre

4º Exames Analíticos (a realizar na 1ª quinzena de Julho e a apresentar até ao dia 1 de Agosto)
- Hematócrito
- Reticulócitos
- Hemoglobina
- Hemoglobina Plasmática Livre

5º Exames Analíticos (a realizar na 1ª quinzena de Setembro e a apresentar até ao dia 1 de Outubro)
- Hematócrito
- Reticulócitos
- Hemoglobina
- Hemoglobina Plasmática Livre


- A não apresentação dos exames atrás mencionados, impedirá a participação em qualquer prova, dos corredores faltosos.

- Os corredores são obrigados a informar o CNAD da sua localização bem como qualquer alteração da mesma, sempre que se ausentarem por mais de 24 horas.

- Os controlos fora de competição serão realizados preferencialmente entre as 07h30 e as 09h00 e as 16h00 e as 21h00.

- Caso o corredor não seja localizado numa primeira tentativa, será contactado o Director Desportivo responsável, considerando-se assim o corredor notificado e terá o prazo de 24 horas para a realização do respectivo controlo.
A quebra desta medida implica a suspensão do corredor por 15 dias para além das implicações previstas na legislação Anti-doping.
A medida atrás mencionada é extensiva a todos os corredores estrangeiros que militam nas Equipas Continentais Portuguesas, não podendo os mesmos invocar a sua licença desportiva estrangeira para a não realização do controlo.

Nota: os 2º, 3º, 4º e 5º Exames Analíticos serão realizados no Laboratório de Análise de Dopagem (um dos 33 laboratórios reconhecidos mundialmente pela AMA). As recolhas podem ser realizadas em Lisboa ou Porto.


A UVP/FPC agradece o esforço feito pela Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto e pelo Instituto do Desporto de Portugal pelo auxílio na realização das análises mencionadas.